MENU

Câmara de Campinas começa a votar processo de cassação de prefeito

Câmara de Campinas começa a votar processo de cassação de prefeito

Atualizado: Quinta-feira, 18 Agosto de 2011 as 8:55

A Câmara de Vereadores de Campinas, no interior de São Paulo, começa a votar nesta quinta-feira (18) o processo de cassação do mandato do prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT). A sessão especial será aberta às 9h. O prefeito responde por omissão por não ter agido contra a rede de corrupção e desmandos que envolveu funcionários da Prefeitura e empresários da cidade.

A sessão começa com a leitura do processo e do relatório dos vereadores que fizeram parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). São mais de 1,6 mil páginas que precisam ser lidas na íntegra. Depois, cada vereador tem 15 minutos para falar. Em seguida, é a vez do prefeito, que tem duas horas para se pronunciar – o que pode ser feito por ele mesmo ou por sua defesa.     Apenas após esse processo será iniciada a votação. Para que o prefeito seja cassado é preciso que pelo menos dois terços da Câmara – ou 22 dos 33 vereadores – votem a favor de sua saída. O resultado deve sair depois de quatro dias.

A investigação sobre o prefeito começou depois que o Ministério Público apurou e denunciou corrupção, fraudes em contratos e pagamento de propina na Prefeitura de Campinas. Alguns funcionários públicos e empresários da cidade chegaram a ser presos.            

veja também