Cambuquira, sul de MG, baixa decreto para evitar desperdício de água

Cambuquira, sul de MG, baixa decreto para evitar desperdício de água

Atualizado: Quarta-feira, 25 Agosto de 2010 as 8:38

A Prefeitura de Cambuquira, no sul de Minas Gerais, baixou um decreto que proíbe hábitos de desperdício de água como lavar carros, varandas e calçadas. A medida foi necessária porque muitos moradores sofrem com o abastecimento.

Na residência da dona de casa Rosineide Fonseca falta água quase todos os dias. Por causa disso, há um acúmulo de roupas para lavar porque ela faz economia. “Economizo água para eu tomar banho, dar banho nas crianças e fazer comida”, falou.

O problema é que o sistema de captação é antigo, foi construído em 1912, e não acompanhou o crescimento de Cambuquira. A água é bombeada de uma nascente que fica na Serra das Águas, a 12 quilômetros da cidade, e vai para cinco reservatórios.

“As nascentes não são suficientes para atender a população. Também, neste período de estiagem, usamos caminhões-pipa para tentar solucionar o problema”, disse o engenheiro químico da prefeitura, Wilson Laurindo de Souza.

Não há hidrômetros nas casas e cada residência paga uma taxa fixa de R$ 70 mensais. Quem desrespeitar o decreto, no primeiro flagrante, ganha uma advertência. Na segundo, uma multa de R$ 80 e o morador também pode ter o abastecimento cortado.

“É uma forma de conscientizar sobre o desperdício da água. Estamos há quase dois meses sem chuva“, explicou o prefeito de Cambuquira, Evanderson Xavier.

Alguns moradores concordam sobre a decisão da prefeitura. Outros não.

Para solucionar o problema, a população torce pela chegada da chuva ou a construção de um serviço autônomo de água e esgoto assim que R$ 3 milhões forem liberados.

A previsão é de que as obras comecem depois do período eleitoral e só terminem em outubro de 2011. Segundo a prefeitura, ainda não foi definida a data para a liberação do restante da verba necessária.

Para garantir que o decreto, que vale por 100 dias, seja cumprido, dois fiscais fazem visitas em casas e comércios do município.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também