MENU

Câmeras não flagraram assalto a mãe de Roger, diz polícia do Rio

Câmeras não flagraram assalto a mãe de Roger, diz polícia do Rio

Atualizado: Sexta-feira, 4 Março de 2011 as 12:32

Policiais da Delegacia de Homícidios analisaram entre quinta e esta sexta-feira (4), as imagens de câmeras de segurança próximas ao local onde a mãe do jogador Roger, do Cruzeiro, foi baleada e seu namorado, morto, na noite quarta-feira (2). Segundo os agentes, no entanto, os vídeos não mostram o momento exato do crime, que aconteceu em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Por isso, ainda não foi possível identificar os criminososs que tentaram assaltar Geuse Galera, 52 anos, e o namorado, o piloto Paulo Viola, que estavam numa motocicleta.

Mãe de jogador deve ter alta no sábado

Segundo a polícia, eles foram abordados por criminosos nas ruas Alberto de Campos e Almirante Saddock de Sá. Ele teria reagido ao assalto e, por isso, os ladrões atiraram, fugindo em seguida pela contramão. Paulo morreu na hora com seis tiros. Ele foi enterrado na tarde de quinta-feira (3), no cemitério São Francisco Xavier, no Caju, na Zona Portuária.

Após ser baleada, Geuse foi levada para o Hospital Miguel Couto, no Leblon, e em seguida, tranferida para o hospital Copa D’Or, em Copacabana, na Zona Sul, onde foi internada e operada. Ela foi ferida no ombro e no punho. De acordo com o hospital, a mãe de Roger passa bem, e deve ter alta neste sábado (5).

Assaltos são comuns na região

De acordo com o morador da Rua Alberto de Campos, Michael Victor, de 37 anos, assaltos são comuns na região. "Meu prédio foi assaltado em dezembro.  Isso é muito frequente por aqui. Tinha uma cabine da PM na rua, mas foi removida", contou o morador.    

veja também