MENU

Campo de golfe é destruído pela chuva em Teresópolis

Campo de golfe é destruído pela chuva em Teresópolis

Atualizado: Segunda-feira, 17 Janeiro de 2011 as 9:24

O tradicional campo de golfe Teresópolis Golf Club (TGC) está de portas fechadas para qualquer atividade relacionada ao esporte. Todo o espaço foi inundado pelas águas da chuva, que atingiram Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, desde terça-feira (11). A previsão é de que as atividades no local sejam retomadas apenas em setembro deste ano.

Um funcionário, de 20 anos, morreu vítima dos deslizamentos no Bairro Calembe, vizinho ao clube. Segundo a administração do clube, oito funcionários ficaram desabrigados, seis deles tiveram morte na família e outros 20 estão desaparecidos. O jovem Alex Oliveira, que trabalhava no campo havia alguns meses, foi encontrado morto pela Defesa Civil.

O clube tem nove buracos e 18 saídas diferentes e foi fundado em dezembro de 1934. Todo o gramado foi encharcado pela chuva, o que vai impedir qualquer aproveitamento da grama. “Isso tudo morreu. Tem muita lama, sujeira e até mesmo duas pontes usadas pelos jogadores foram destruídas. A grama terá de ser replantada e isso deve demorar cerca de oito meses”, disse Genete Stephen, 56 anos, capitã do time feminino do TGC.

Em alguns dos trechos do campo, deslizamentos de terra atingiram o gramado. “O Aberto de Verão, organizado pela Federação Brasileira de Golfe, seria realizado aqui em Teresópolis, nos próximos dias 5 e 6 de fevereiro. Agora, não sabemos como e nem onde será feita a competição”, disse Genete.

A secretaria do clube informou ao G1 que muitos funcionários deixaram de trabalhar para cuidar de suas famílias e do que sobrou da casa de muitos deles. A administração espera que se possa ter um panorama exato de quantos funcionários tenham sido afetados pela chuva, quando retornarem ao trabalho, nesta segunda-feira (17).

veja também