MENU

Candidatos trocam acusações durante debate em Alagoas

Candidatos trocam acusações durante debate em Alagoas

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 11:07

No último debate antes do segundo turno em Alagoas, os candidatos ao governo do Estado Teotonio Vilela Filho (PSDB) e Ronaldo Lessa (PDT) trocaram acusações de corrupção e de mentirem ao eleitorado.

Lessa, mais exaltado que Teotonio, acusou seu adversário de ser representante da elite alagoana, ligada aos usineiros, e de ter criticado em discurso o Bolsa Família quando era senador.

Teotonio negou que tenha feito discursos contrário ao programa e disse ser um "entusiasta do Bolsa Família". O tucano disse também que o candidato José Serra (PSDB) vai aumentar o programa no Estado, caso seja eleito. Teotonio lembrou que Lessa votou contra Lula em 2006, a quem agora se diz aliado.

Teotonio acusou Lessa de responder a 56 processos na Justiça por desvio de dinheiro da merenda, das escolas e dos servidores públicos. Em resposta, Lessa disse que ele foi denunciado na Operação Navalha, que investigou desvios de dinheiro, e que só não está respondendo processo porque negociou com a Assembleia em troca de cargos a suspensão da ação.

Os dois candidatos também confrontaram o número de empregos gerados em seus respectivos governos, as empresas instaladas no Estado durante suas administrações e as ações sociais.

Em réplica à uma resposta de Lessa, Teotonio chamou seu adversário de "autista". "Achei que ele era desinformado, mas é autista", disse o governador ao comentar o projeto de implantação de um estaleiro no Estado e de outras empresas.

Em resposta, Lessa disse que seu adversário é conhecido como "Teozinho no país das maravilha".

Por: Silvia Freire

veja também