MENU

Capiberibe diz que Operação Mãos Limpas foi fundamental para sua eleição

Capiberibe diz que Operação Mãos Limpas foi fundamental para sua eleição

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 8:38

O governador eleito do Amapá, Camilo Capiberibe, reconheceu que a crise política desencadeada pela Operação Mãos Limpas, da Polícia Federal, contribuiu muito para a sua eleição.

"Essa operação serviu para desvendar à sociedade as razões que levaram à falta de remédios nos hospitais, de merenda nas escolas e a paralisação de obras. A população percebeu que o dinheiro dela estava sendo desviado", disse.

A operação, que investiga desvio de recursos da União e do estado do Amapá, prendeu em setembro o governador Pedro Paulo Dias (PP), que disputava a reeleição e não conseguiu ir para o segundo turno, o ex-governador Waldez Goes e mais 16 pessoas.

Segundo Camilo Capiberibe, as revelações da Operação Mãos Limpas foram fundamentais para que a população optasse pela mudança. "Dois novos projetos de governo foram para o segundo turno e a população decidiu por aquele que parecia ser a verdadeira mudança. Por isso, essa operação teve papel fundamental no resultado da eleição", acrescentou.

Por: Luiz Carlos Pinto

veja também