MENU

Cardume de jaús faz a festa de pescadores em Porto Murtinho, MS

Cardume de jaús faz a festa de pescadores em Porto Murtinho, MS

Atualizado: Quarta-feira, 22 Junho de 2011 as 12:42

Um grupo de seis pescadores conseguiu fisgar em dois dias de pescaria 13 exemplares da espécie jaú, pesando em média 30 quilos cada, no rio Apa em Porto Murtinho, cidade que fica a 440 quilômetros de Campo Grande. Cada peixe mede entre 1 e 2 metros de comprimento.

Para provar que o fato não era uma história de pescador, o grupo usou câmeras para gravar o momento da retirada dos exemplares (veja o vídeo). Um dos integrantes, o catarinense Junior Witt, conta que o rio estava tão farto que nem foi necessário usar carretilha. "Fomos puxando com corda mesmo, porque a vara não aguentava o peso do jaú", afirma.

Os amigos Junior Witt, Hirt, Nilson, Junior S., Junior B. e Nitz formam a Ekipe's Ka Ke Nada, da cidade de Mafra, distante 280 quilômetros de Florianópolis. Nos dois dias de pescaria, o grupo fisgou 370 quilos de pescado.

O que diz a legislação

O turista recebe licença de pesca como amador, e pode retirar das águas 10 quilos de qualquer espécie, cinco piranhas e mais um exemplar.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, o pescado foi retirado regularmente do rio, sem o uso de petrechos proibidos como tarrafas, e não excedeu os limites legais de quantidade por pessoa. Para transportar o produto, o pescador precisa obter uma autorização do órgão de fiscalização, emitida após vistoria.

O período de liberação para pesca nos rios da bacia do rio Paraguai vai de março a novembro. Entretanto, o pescador deve se informar sobre trechos em que a preservação é permanente.

O 2º tenente Luiz Clemente ressalta a importância de agir com consciência ambiental. "Porto Murtinho recebe muitos turistas para pesca nessa época do ano, e por isso a fiscalização é diuturna e rigorosa. Procuramos apurar todas as denúncias que chegam ao nosso conhecimento", afirma.

Fartura de peixes no rio Apa fez a felicidade dos pescadores catarinenses (Foto: Reprodução/Junior Witt)          

veja também