MENU

Carro roubado com mulher é recuperado em SP

Carro roubado com mulher é recuperado em SP

Atualizado: Quinta-feira, 28 Outubro de 2010 as 4:40

O carro Hyundai i30 preto roubado no início da tarde desta quinta-feira (28) com uma mulher com deficiência mental dentro foi recuperado pela polícia, segundo o delegado Oswaldo Nico Gonçalves, do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra).

O carro foi encontrado por volta das 14h na Rua Agostinho Gomes, no Ipiranga, Zona Sul de São Paulo, próximo de onde foi leveado, às 12h20, na altura do número 2.802 da Rua Cipriano Barata.

A mulher, de nome Waleska Heluany, de 34 anos, está assustada, segundo o delegado, mas não apresenta ferimentos. A irmã dela, a advogada Luana Heluany, contou que o pai, Edgar Heluany, iria levar Waleska para a escola que ela frequenta.

"Minha irmã tem deficiência mental porque faltou oxigenação no cérebro quando ela nasceu. Então, ela necessita de uma atenção especial. Por isso, ela vai para esta escolinha especializada. Justamente hoje eu troquei de carro com o meu pai. Fiquei com o dele, para fazer a inspeção veicular, e ele ficou com o meu. Pouco depois do almoço, ele foi levar a minha irmã na escolinha. Mas parou em frente à vizinha ao lado. Foi quando levaram o carro com ela dentro", contou Luana.

Segundo a advogada, a irmã não fala, mas estava bastante assustada no momento em que foi encontrada pela polícia. "O carro foi encontrado a dois quarteirões de casa com a chave no contato. Felizmente, quem levou o carro teve a consciência de não fazer nada contra a minha irmã. Ela estava no banco de trás, presa pelo cinto. Até os meus processos foram deixados no carro. Foi mais o susto mesmo", disse.

O pai de Luana e Waleska, Edgar Heluany Moysés, relatou que o homem que levou o veículo agiu rapidamente. "Desliguei o motor e desci do carro, mas deixei a chave no contato. Eu só ia entregar um doce para a vizinha e retornar em seguida. Parecia que o cara estava de plantão na porta esperando surgir uma oportunidade. Quando ouvi a batida da porta, ele já arrancou", contou Edgar.

Segundo Luana, o homem que levou o carro dela foi flagrado momentos antes, ao passar pela rua, pelas câmeras do circuito de segurança do prédio onde a família mora. O pai, inclusive, já o reconheceu na gravação. Ninguém foi preso. Seis equipes da polícia participaram das buscas ao veículo. A ocorrência foi registrada no 17º DP, no Ipiranga.    

veja também