MENU

Carroceiro morre ao despencar de ponte de 9 metros de altura em Cuiabá

Carroceiro morre ao despencar de ponte de 9 metros de altura em Cuiabá

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 3:21

 O cavalo ficou enroscado em um dos buracos e a carroça presa em outro. (Foto: Deivison Almeida/G1)

  Um carroceiro morreu em Cuiabá após cair de uma ponte de aproximadamente nove metros de altura quando tentava atravessá-la com a carroça. Benedito Gerêncio escorregou da carroça e caiu em um buraco da ponte, que passa pelo córrego Aricazinho, na região do Coxipó do Ouro, distrito da capital. Ele sofreu fraturas na cabeça e no pescoço.

O acidente ocorreu no final da tarde de terça-feira (27). De acordo com testemunhas, o filho da vítima foi o primeiro a chegar ao local depois de tentar por várias vezes se comunicar com o pai pelo celular. Sobre a ponte, o rapaz encontrou o cavalo enroscado em um dos buracos e a carroça presa em outro. O filho viu o corpo do pai caído embaixo da ponte e tentou socorrê-lo, mas o charreteiro já estava morto.

Homem escorregou da carroça e caiu de 9 metros

de altura. (Foto: Deivison Almeida/G1)

  O morador Delmiro Lima, que reside a aproximadamente a 300 metros da ponte, relatou que toda semana a vítima passava pelo local. Ele também contou que esse não é primeiro acidente que acontece na ponte. “Essa ponte já vem apresentando problema há algum tempo.

Há cinco anos um veículo caiu neste mesmo local e no ano passado outro homem morreu ali [ponte] também. E o que mais nos preocupa é que esta ponte dá acesso a aproximadamente 15 comunidades da região”, observou.

O cavalo e a carroça estão com outro morador do distrito. Lorival Batista de Souza também declarou que já foram realizados reparos na ponte, no entanto, segundo ele, não resolveram o problema. “Vieram e pregaram duas tábuas deixando um vão. O certo é refazer a ponte para resolver o problema”, relatou.

Cavalo está sob os cuidados de um morador.

(Foto: Deivison Almeida/G1)

  A Secretaria Municipal de Infraestrutura admitiu por meio da assessoria que já tinha conhecimento do problema e que desde o dia 15 de setembro foi assinado a ordem de serviço. Por outro lado, informou  que devido a problemas por parte da empresa que ganhou a licitação não começou o projeto de reforma.

A secretaria também anunciou que está apurando o motivo pelo qual ocasionou o atraso no andamento da licitação e o cumprimento da obra no local.          

veja também