MENU

Casas condenadas pela Defesa Civil no Alemão serão demolidas

Casas condenadas pela Defesa Civil no Alemão serão demolidas

Atualizado: Terça-feira, 4 Janeiro de 2011 as 3:30

Moradores de casas condenadas pela Defesa Civil na favela do Grota, no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, serão cadastrados e receberão um aluguel social até que sejam transferidos para uma nova unidade habitacional.

Segundo a Secretaria municipal de Habitação, as casas serão demolidas pela Defesa Civil e pela Secretaria por estarem em uma área de risco.

Na parte baixa da comunidade, outras residências já haviam sido demarcadas pela Secretaria. De acordo com os moradores, ela serão demolidas para o início das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

No alto da favela, pelo menos três casas estão em situação de risco. Em uma delas mora dona Valdenice. No local há cinco anos, ela descobriu, no ano passado, que vive em uma área de risco.

"Foi quando aconteceram as chuvas de abril, quando fiquei sabendo por uma vizinha que essa casa tinha sido interditada. Não só a minha, como a dela e a do vizinho aqui de cima”, disse ela.

Moradores preocupados

Acima da casa de Valdenice, uma construção também oferece perigo. Uma pilastra que sustentava a casa já foi deslocada e parte da laje desabou há dois meses. O dono do imóvel contou que mudou há um ano com medo de desmoronamentos, mas foi para uma casa que também oferece riscos. No meio da residência, uma estaca de madeira foi instalada por ele para evitar que o teto caía.

"Tenho medo, mas não tenho para onde ir. Se tivesse, eu não estaria aqui. Se eu pudesse pagar o aluguel, não estaria aqui", disse o vigia José Oliveira.

O medo também faz parte da rotina da dona de casa Josiane Oliveira. Em cinco anos, a casa onde ela mora já foi atingida por duas quedas de barreiras. A última destruiu a parede do quarto. "Eu liguei para a Defesa Civil. Eles vieram e interditaram a minha casa. Já duas vezes. A gente fica com medo, né? Mas aí vamos fazer o quê?", contou ela.

veja também