MENU

Cascavel registra dez casos de acidentes com aranha-marrom

Cascavel registra dez casos de acidentes com aranha-marrom

Atualizado: Quarta-feira, 6 Abril de 2011 as 1:44

Um programa de controle de endemias, criado em Cascavel, região Oeste do Paraná, divulgou dez casos de acidente causados por aranha-marrom neste ano (2011) na cidade. De acordo com a técnica do programa, Marilei Córdova, para fazer o controle dos casos envolvendo a espécie, uma equipe do programa é acionada para ir até o local do acidente, fazer a coleta do aracnídeo e encaminhar para análise em Curitiba para saber qual é a classificação da espécie.

A picada da aranha-marrom é pouco dolorosa e costuma surgir uma lesão endurecida e escura, podendo evoluir para uma ferida com necrose, de difícil cicatrização.

Córdova explicou que a aranha-marrom tem hábito noturno e praticamente nunca ataca as pessoas, apenas se defende quando alguém escosta nela sem intenção. "Durante o dia ela se finge de morta, fica encolhida, mas à noite ela gosta de perambular pelas casas", disse.      

veja também