MENU

Caso Catanduva: Vídeo comprova abuso sexual contra criança

Caso Catanduva: Vídeo comprova abuso sexual contra criança

Atualizado: Sexta-feira, 20 Março de 2009 as 12

Quatro mães que acompanhavam a audiência pública da CPI ficaram apreensivas ao saber do vídeo

A Polícia Civil e o Ministério Público Estadual têm em mãos um filme que comprova o crime de abuso sexual contra uma criança de três ou quatro anos em Catanduva. No vídeo, achado na CPU de um dos computadores apreendidos durante a Operação Fênix, aparecem dois rapazes segurando à força a criança, enquanto outro homem se masturba no rosto da menina. Essa é a primeira prova cabal da violência sexual infantil divulgada ontem pelo senador Romeu Tuma (PTB-SP), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, durante sessão pública na cidade. Os senadores já sabem quem são os suspeitos que aparecem no filme, mas não divulgaram seus nomes. Agora, eles investigam quem é a criança abusada. Tuma também não revelou onde esse computador foi apreendido. O filme também mostra duas outras crianças ao fundo gritando para que os acusados deixem a menina em paz. “É um absurdo”, disse o senador.

No momento em que o senador revelou o conteúdo da gravação, as 120 pessoas que acompanhavam a audiência se espantaram com a perversidade dos agressores. O teor da perícia foi discutido depois do depoimento de Geraldo Côrrea, do Instituto Pró-Cidadania. Ele relatou à comissão que uma criança de 5 anos, moradora do Jardim Alpino, lhe disse que fora obrigada a ingerir esperma de um dos pedófilos. Corrêa foi convidado pelo senador Tuma a ajudar na identificação da criança do filme. Quatro mães que acompanhavam a audiência pública da CPI ficaram apreensivas com a informação. “E se for minha filha? Quero ver esse filme e descobrir quem são os desgraçados que fizeram isso”, desabafou uma mãe que não quis ser identificada.

veja também