Ceará realiza Festival Internacional de Trovadores e Repentistas

Ceará realiza Festival Internacional de Trovadores e Repentistas

Atualizado: Quinta-feira, 24 Setembro de 2009 as 12

O som ritmado das violas vai invadir o Sertão. Começa nesta quinta-feira, em Limoeiro do Norte, a 196 quilômetros de Fortaleza, o V Festival Internacional de Trovadores e Repentistas que, até domingo, reúne mais de 50 artistas do Ceará, do Rio Grande do Norte, da Paraíba, de Pernambuco, do Piauí e também de Cuba e Itália.

São violeiros, poetas, repentistas, emboladores, aboiadores e trovadores que vão se apresentar na praça principal da cidade, preocupados muito mais em rimar bem as sextilhas e receber o aplauso apaixonado da platéia, que com a premiação. Repentista veterano e coordenador do evento, Geraldo Amâncio resume bem o sentimento geral: “É um festival, mas principalmente é um grande encontro''.

O Festival Internacional de Trovadores e Repentistas começou em 2005 e tem caráter itinerante: ficou os dois primeiros anos entre Quixadá e Quixeramobim, foi para Senador Pompeu e Farias Brito em 2007 e, este ano, aporta em Limoeiro, em pleno Vale do Jaguaribe.

Rimando estrofes, num autêntico duelo de sagacidade, inteligência, vocabulário e bom humor, o repente tem fãs ardorosas. Um desles é a curadora do Festival, professora Simone Oliveira de Castro, também secretária da Comissão Nacional de Folclore. Para ela, essa autêntica e legítima arte popular ''É o que há de mais belo na poesia oral do Brasil, eles são grandes artistas das praças, mas que ainda não foram reconhecidos pelas academias literárias. Não constam nas antologias dos poetas brasileiros, mas são os grandes poetas da palavra improvisada'', esclarece.

A programação do Festival começa nesta quinta-feira com o ''Seminário Vozes de Mestres: a palavra (em) cantada na cultura oral nordestina'', que reúne pesquisadores e artistas da cultura popular. Além dos estudos, durante as quatro noites, 24 duplas de cantadores vão se apresentar. Gente como Sebastião da Silva (PB), Ivanildo Vila Nova (PE), Zé Viola (PI), Valdir Teles (PE), Moacir Laurentino (PB), Severino Feitosa (PE), Raimundo Caetano (PB), Zé Cardoso (RN), João Paraibano (PB), Silvio Grangeiro (CE) e João Lourenço (PB). As atrações internacionais são os trovadores Elicer Téllez Fernándes e Gaspar Esquivel, de Las Tunas (Cuba) e Donato de Acutis e Enrico Rustici, de Roma (Itália). Após o Festival e os desafios entre os repentistas, ainda tem na programação musical Luizinho de Irauçuba (CE), Betinho Aguiar (CE), Myrlla Muniz (CE) e a cirandeira Lia de Itamaracá (PE). Também os emboladores cearenses Vem-Vem e Beija Flor, o poeta Gabriel da Paraíba (PB) e ainda Larissa Macedo (CE).

A quinta edição do Festival Internacional de Trovadores e Repentistas é realizado pelo Instituto Internacional de Artes e Cantorias (Intercanto), patrocínio da OI, Sebrae no Ceará e Banco do Nordeste, apoio institucional da Prefeitura de Limoeiro, Ministério da Cultura, Academia Limoeirense de Letras e Oi Futuro.

veja também