MENU

CEG é condenada por queimadura de jovem em explosão de bueiro no RJ

CEG é condenada por queimadura de jovem em explosão de bueiro no RJ

Atualizado: Segunda-feira, 15 Agosto de 2011 as 4:33

A CEG, distribuidora de gás do Rio de Janeiro, foi condenada a indenizar em R$ 30 mil uma vítima de explosão de um bueiro. De acordo com o Tribunal de Justiça, o jovem de 19 anos caminhava com três amigos pela Rua Araújo Porto Alegre, no Centro da cidade , quando um bueiro explodiu. A empresa pode recorrer da decisão. As informações são da assessoria do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ).

O G1 entrou em contato com a assessoria da CEG, que informou que vai enviar uma resposta sobre a condenação.

De acordo com o TJ, o rapaz foi atingindo por uma labareda que ocasionou queimaduras de segundo grau no rosto e no braço direito. Após o acidente, o jovem ficou com 8% do corpo machucado e foi internado por alguns dias no centro de tratamento de queimados do Hospital municipal Souza Aguiar.

Segundo o TJ, a CEG em sua defesa, tentou culpar a concessionária de energia Light, visto que, segundo a empresa, o evento decorreu de uma centelha produzida pela rede elétrica. A alegação, no entanto, foi rejeitada.

O relator do processo, desembargador Jorge Luiz Habib, da 18ª Câmara Cível do TJ do Rio, citou o convênio homologado pela Justiça entre as concessionárias CEG e Light para inspeção, em ação conjunta, em caixas e galerias subterrâneas. Ele lembrou que, por este motivo, ambas responderão solidariamente pelos danos causados. “E por haver solidariedade entre elas, pode o autor da ação litigar contra um responsável ou contra todos”, considerou o desembargador.

A assessoria do TJ informou que neste processo a Light não foi acionada, portanto, a condenação do pagamento não cabe à empresa.            

veja também