MENU

Center Norte afirma que entregou documentos exigidos pela Prefeitura

Center Norte afirma que entregou documentos exigidos pela Prefeitura

Atualizado: Segunda-feira, 26 Setembro de 2011 as 4:18

Do G1 SP

imprimir

Segundo a Cetesb, há gás metano no terreno

de shopping em SP (Foto: Reprodução/TV Globo)

  O Shopping Center Norte afirma ter entregue, na sexta-feira (23), os documentos solicitados pela Prefeitura de São Paulo sobre a existência do gás metano no terreno do estabelecimento. A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente havia dado um prazo até as 19h desta segunda-feira (26) para a apresentação de estudos sobre a contaminação. A secretaria confirma que o shopping protocolou a entrega de documentos na sexta e diz que irá analisar o material para decidir quais providências serão tomadas.

O Center Norte relata que apresentou à Prefeitura a investigação ambiental, o plano de monitoramento e o plano de mitigação de controle de vapores. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, afirmou na semana passada que o shopping poderá ser fechado temporariamente caso seja confirmada a emissão de gases pelo terreno. “Caso isso seja confirmado, nós deveremos adotar medidas. Poderá ser a exigência de que os donos do empreendimento invistam para a captação desse gás ou até mesmo medidas mais drásticas, como o fechamento temporário de parte ou de todo o empreendimento”, declarou o prefeito.   O shopping entrou na lista de Áreas Contaminadas Críticas da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) por causa da existência do gás metano no terreno, que foi utilizado durante décadas como depósito de lixo antes da construção do estabelecimento, nos anos 80. A Cetesb diz que foi mantida nesta segunda-feira (26), pelo oitavo dia, a multa diária de R$ 17.450 por causa da não instalação do sistema de drenagem do gás. Segundo a assessoria da companhia, não havia vistoria no shopping programada para esta segunda.

O shopping informou, na semana passada, que oito equipamentos para drenar o gás vão ser instalados no local, mas não disse quando eles devem começar a funcionar. Segundo a assessoria, o estabelecimento está seguindo o cronograma combinado com a Cetesb.          

veja também