MENU

Cerca de 500 homens do Corpo de Bombeiros seguem as buscas por 76 desaparecidos em Alagoas

Cerca de 500 homens do Corpo de Bombeiros seguem as buscas por 76 desaparecidos em Alagoas

Atualizado: Sexta-feira, 25 Junho de 2010 as 9:27

Pelo menos 500 homens do Corpo de Bombeiros de Alagoas seguem as buscas por 76 pessoas que estão desaparecidas nesta quinta-feira (25), após as chuvas que causaram destruição no Estado. De acordo com o porta-voz dos bombeiros, major Sandro Cavalcanti, foi organizado um cronograma de buscas ao redor das cabeceiras dos rios.

As buscas estão concentradas em cidades como União dos Palmares, São José da Laje, Atalaia, Rio Largo, União, Santana do Mundaú e Branquinha. Nessas duas últimas, a destruição foi praticamente total. No Estado, há 34 mortos. Pelo menos 26.700 moradores estão desabrigados (saíram de casa e foram para abrigos improvisados) e 47.700 estão desalojados (foram para casa de parentes ou amigos).

Cavalcanti acredita que os 76 desaparecidos em Alagoas não estão mortos, mas sim refugiados em cidades vizinhas.

- Existe grande dificuldade de contato telefônico com os parentes e por isso não contamos com 76 desaparecidos. Eles devem estar refugiados em cidades vizinhas Segundo o porta-voz, a fase mais crítica passou. No momento, os bombeiros se concentram em buscas e nas assistências médica, alimentar e psicológica das famílias atingidas pelas chuvas em Alagoas.

- Agora é hora de levar assistência imediata para o afetado, para que ele não se sinta solto e sem apoio.

veja também