MENU

Cerimônia de cremação de aluno da FGV é antecipada em SP

Cerimônia de cremação de aluno da FGV é antecipada em SP

Atualizado: Sexta-feira, 25 Fevereiro de 2011 as 12:40

A cerimônia de cremação do corpo do estudante da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Julio Cesar Grimm Bakri, de 22 anos, morto a tiros em um bar na região central de São Paulo, aconteceu na manhã desta sexta-feira (25), no Crematório da Vila Alpina, na Zona Leste da capital paulista. A cerimônia, prevista inicialmente para as 9h30, foi antecipada em cerca de uma hora.

Bakri e o amigo Christopher Akiocha Tominaga, 23, foram atingidos a tiros por dois homens que estavam em uma moto. Ainda com os capacetes, eles desceram da motocicleta e, segundo a polícia, foram na direção dos estudantes, sentados em um bar na Avenida Nove de Julho, no Centro. Tominaga está internado no Hospital das Clínicas. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o estado de saúde dele é considerado grave.  

O rapaz passou por 12 horas de cirurgia. Ele foi atingido na região da barriga, dos rins e em uma das pernas e continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Por causa do crime, a Fundação Getúlio Vargas, de luto, fechou as portas nesta quinta.

Amigos do estudante disseram não ter ideia do que pode ter motivado a morte do rapaz. E afirmaram que ele não tinha inimigos. A polícia de São Paulo trabalha com a hipótese de "crime encomendado".    

veja também