MENU

Chuva coloca SP em estado de atenção nesta segunda-feira

Chuva coloca SP em estado de atenção nesta segunda-feira

Atualizado: Segunda-feira, 3 Janeiro de 2011 as 9:06

O rodízio municipal de veículos na cidade de São Paulo continua suspenso para carros de passeio nesta semana. A suspensão vale até esta sexta-feira (7). Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, continua valendo normalmente o rodízio para veículos pesados, assim como a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões. O rodízio municipal de veículos será retomado no dia 10.

Desde setembro, os caminhões estão proibidos de circular pelas pistas local e expressa da Marginal Pinheiros, no trecho entre as pontes do Jaguaré e do Morumbi, e pelas avenidas dos Bandeirantes, Jornalista Roberto Marinho e Afonso d'Escragnolle Taunay. O horário da proibição tem início às 5h e vai até as 21h, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, começa às 10h e termina às 14h. A multa para quem desrespeitar a determinação é de R$ 85,12, além de quatro pontos na carteira.

Pelo rodízio de Veículos Urbanos de Carga (VUCs), esses veículos podem circular pela capital paulista respeitando apenas o rodízio de veículos, entre 7h e 10h e das 17h às 20h. Antes, os VUCs podiam circular na área de restrição, das 10h às 16h, de acordo com o final da placa: pares tinham permissão nos dias pares, e ímpares, em dias ímpares. São considerados VUCs os caminhões com até 6,3 metros de comprimento.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo colocou a cidade em estado de atenção por causa da chuva no fim da madrugada desta segunda-feira (3). O Centro, as zonas Norte, Leste, Sudeste e Oeste e as marginais Pinheiros e Tietê entraram em atenção às 4h50. Já na região Sul o estado foi decretado às 5h25.

De acordo com o CGE, chove de maneira moderada nas zonas Norte, Leste, Sul e Centro. Entretanto, como chove na capital paulista quase que continuamente desde a manhã deste domingo (2), há potencial para alagamentos.

Por volta das 6h10, o CGE registrava cinco pontos de alagamento, todos transitáveis. Eles estão localizados na Marginal Tietê: três no sentido Castello Branco – na altura das pontes da Freguesia do Ó, Atílio Fontana (pista local), e das Bandeiras (pista expressa) - e dois no sentido Ayrton Senna – na altura das pontes das Bandeiras (pista expressa) e do Limão.

Também por volta das 6h10, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava três casos de queda de árvores – nas ruas Gaica, Apicum e Deputado Joaquim Libânio.

veja também