MENU

Chuva faz mais de 3.000 pessoas deixarem casas no Rio

Chuva faz mais de 3.000 pessoas deixarem casas no Rio

Atualizado: Segunda-feira, 8 Março de 2010 as 12

As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro neste final de semana deixaram 3.048 pessoas fora das suas casas. De acordo com levantamento feito pela Defesa Civil Estadual, até a manhã desta segunda-feira, 3.015 estão desalojadas - e estão hospedadas na casa de parentes ou amigos - e 33 estão desabrigados - e estão em abrigos públicos. Com as chuvas, desabamentos causaram seis mortes - quatro no Rio e duas em Niterói.

Apesar de a água já ter começado a baixar, em São Gonçalo ainda existem diversos pontos alagados. O município é o que concentra maior número de vítimas: 2.905 desalojados. As inundações ocorreram nos bairros Jardim Catarina Velho e Novo México.

Em São Pedro da Aldeia (RJ), onde também ocorreram inundações, são 94 desalojados e oito desabrigados. Já em Saquarema (RJ), dez pessoas estão desalojados e 25 desabrigadas.

Na cidade do Rio de Janeiro, as chuvas provocaram deslizamentos no bairro Jardim. A Defesa Civil Municipal interditou dez casas que correm risco de desabar. Na cidade, há 35 desalojados e cinco desalojados.

As regiões mais afetadas pelo temporal foram Anchieta e Rio Comprido. Em Anchieta, o desabamento de uma casa soterrou sete pessoas. Duas delas morreram. Já em Rio Comprido, duas pessoas também morreram soterradas.

Em Niterói, duas pessoas morreram após o desabamento de uma casa no bairro Viçoso Jardim. Segundo os bombeiros, as vítimas são uma mulher e uma criança.

veja também