MENU

Chuva forte volta a deixar São Paulo debaixo d'água

Chuva forte volta a deixar São Paulo debaixo d'água

Atualizado: Segunda-feira, 28 Fevereiro de 2011 as 9:38

A cidade de São Paulo voltou a ficar debaixo d’água na tarde deste domingo (27) após chover forte em todas as regiões da capital paulista. Com quase 50 pontos de alagamento na cidade, o temporal atrapalhou o trânsito e a linha 8 da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), entre as estações da Barra Funda e da Lapa, foi interrompida por volta das 15h devido a um alagamento.

A chuva também prejudicou a circulação de composições na Linha 7. De acordo com a assessoria de imprensa da CPTM, o mesmo trecho entre as estações da Barra Funda e da Lapa esteve alagado por várias horas. Por volta das 16h10, o transbordamento do rio Pinheiros colocou parte da zona oeste em estado de alerta. Todas as regiões da capital paulista só deixaram o estado de atenção por volta das 18h.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a chuva provocou o fechamento dos túneis Anhagabaú, no centro, e Fernando Vieira de Mello, em Pinheiros, na zona oeste. Até mesmo o clássico do Campeonato Paulista entre São Paulo e Palmeiras, que aconteceu no estádio do Morumbi, na zona sul da cidade, começou com uma hora de atraso devido à chuva.

Resgate O helicóptero Águia-20 da Polícia Militar foi acionado para socorrer uma mulher em trabalho de parto na alça de acesso da marginal Pinheiros, no Parque Oriente, por volta das 16h34. O Águia-10 da Polícia Militar também foi acionado para auxiliar no socorro a pessoas ilhadas, dentro de um microonibus na avenida Pompéia com Francisco Matarazzo, na Pompéia.

Mais chuva A previsão do tempo para a capital paulista é de mais chuva nos próximo dias. Segundo a Climatempo, a segunda-feira (28) seguirá o padrão dos últimos dias, com sol durante o dia, períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. A chuva deve continuar durante o resto da semana, com previsão de tempo chuvoso durante o dia e a noite de terça (1º) e quarta (2).  

veja também