MENU

Chuva já afeta 124 mil pessoas e deixa 52 famílias ilhadas no RS

Chuva já afeta 124 mil pessoas e deixa 52 famílias ilhadas no RS

Atualizado: Domingo, 31 Julho de 2011 as 10:23

A chuva que atinge o Rio Grande do Sul desde o dia 20 deixa pelo menos 25 cidades em situação de emergência, segundo a Defesa Civil do Estado. Mais de 124 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas. Dessas, 13,7 mil foram desalojadas e foram para casas de parentes ou conhecidos e outras 5,4 mil ficaram desabrigadas e encaminhadas a alojamentos. Foram registradas três mortes.

O balanço da Defesa Civil informa que as cidades atingidas são Arroio do Meio, Arvorezinha, Bom Princípio, Bom Retiro do Sul, Campo Bom, Charrua, Ciríaco, Cruzeiro do Sul, Encantado, Estrela, Itapuca, Lajeado, Montenegro, Pareci Novo, Parobé, Pinheirinho do Vale, Roca Sales, Rolante, Santa Tereza, São Jerônimo, São Sebastião do Caí, Sarandi, Taquara, Três Coroas e Venâncio Aires.

No total são 52 famílias ilhadas na Prainha do Paquetá, em Canoas, em razão da cheia do Rio dos Sinos. O nível das águas está sendo monitorado pela Defesa Civil. Às 23h de sábado (30), o rio estava 1m85 acima do normal e já não era mais possível ter acesso de carro à região, apenas de barco.

Outras sete tiveram de ser encaminhadas para a casa de parentes. Se o nível da água continuar subindo, será necessário cortar a energia elétrica na região, segundo o coordenador da Defesa Civil de Canoas, Mauro Guedes. “Existe risco às famílias, pois com nível de 2m20cm acima do normal, a água atinge os transformadores de energia. O Rio dos Sinos recebeu toda a água da chuva das regiões mais altas ”, disse.

A região da Prainha do Paquetá fica no ponto onde se encontram o Rio dos Sinos e o Jacuí, em que desembocam diversos rios que registraram cheia nos últimos dias. Além disso, o vento sudoeste contribui para represar a água do rio.

fonte: G1

veja também