MENU

Chuva mantém Defesa Civil do Rio em estado de atenção nesta quarta

Chuva mantém Defesa Civil do Rio em estado de atenção nesta quarta

Atualizado: Quarta-feira, 12 Janeiro de 2011 as 7:32

A Defesa Civil do município do Rio segue em estado de atenção na manhã desta quarta-feira (12) por causa do temporal que atingiu diversos bairros da capital nesta madrugada. Segundo o Centro de Operações da prefeitura, por volta das 18h de terça-feira (11), um imóvel desabou na Rua Frei João Cherry, no Morro do Chapéu Mangueira, no Leme, na Zona Sul da cidade. Não houve vítimas. A família que vivia no imóvel foi levada para a casa de parentes.

Previsão é de pancadas de chuva na quarta

A previsão do tempo para esta quarta é de chuva moderada a ocasionalmente forte nas próximas horas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o céu deve permanecer nublado e com temperaturas variando de 23º C a  36º C.

Os estragos na terça-feira

O temporal na noite de terça provocou também a queda de uma árvore e alagou ruas da Zona Sul. A árvore caiu na esquina das ruas Gustavo Sampaio e Antônio Vieira, no Leme, por volta das 22h. Os bombeiros informaram que dois carros foram atingidos, mas ninguém ficou ferido.

A árvore tombou sobre a pista, bloqueando o trânsito no principal acesso ao bairro. Bombeiros do quartel de Copacabana foram acionados para o local. De acordo com o Centro de Operações, por causa do incidente, motoristas encontraram retenção em alguns pontos do bairro. Um dos carros atingidos teve o vidro traseiro destruído e a lataria amassada.

A chuva também provocou alagamentos em trechos das ruas Barata Ribeiro, Toneleros e Siqueira Campos, em Copacabana, na esquina das ruas Voluntários da Pátria e Real Grandeza e na Rua Visconde de Caravela, todas em Botafogo, em São Conrado. Bolsões d'água também se formaram na Praça da Bandeira e na Tijuca, Zona Norte.

Apesar dos alagamentos, o Centro de Operações afirmou que o nível dos rios e lagoas não ultrapassou o limite de transbordamento.

Ainda segundo o Centro de Operações, a alça do Trevo das Margaridas para a Rua Itapera, na Avenida Brasil, foi interditada devido ao deslizamento de estruturas metálicas do viaduto em construção no local. As equipes da CET-Rio e da Guarda Municipal foram enviadas ao local para agilizar a liberação da via.

De acordo com o Alerta Rio, os maiores índices de chuva foram registrados nos bairros de Barra da Tijuca (31.6mm/h), Copacabana (30,8 mm/h) e Alto da Boa Vista (28,8mm/h). Por volta das 23h50, cerca de 45 funcionários da Comlurb faziam a limpeza das ruas da cidade.

Estradas interditadas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou, na noite desta terça-feira (11), que um trecho da Rodovia Lúcio Meira (BR-393) foi interditado devido a uma queda de barreira, no km 134, na altura do município de Sapucaia, na Região Centro-Sul Fluminense. Segundo a PRF, o deslizamento de terra aconteceu próximo ao acesso da Rodovia Presidente Dutra.

Motoristas que seguiram em direção à Rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), por volta das 22h desta terça-feira (11), também encontraram dois trechos interditados devido a quedas de barreira. Segundo a Concer, concessionária que administra a via, os deslizamentos de terra aconteceram na altura dos quilômetros 12, em Três Rios, no Centro-Sul Fluminense, e 41, em Areal.

Em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, o km 115, próximo à Reduc, prossegue com duas faixas interditadas na pista sentido Petrópolis para o alargamento das pontes sobre o Rio Iguaçu. Uma pista reversível funciona no local para atender o fluxo que segue em direção à Região Serrana e Minas Gerais.

Duas mortes em deslizamento em Nova Friburgo

O Corpo de Bombeiros de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, confirmou na noite desta terça-feira (11) a morte de um idoso que estava entre os escombros de um imóvel que desabou na Rua São Roque, no Bairro de Olaria. Mais cedo, a corporação já havia informado a morte de uma criança . Segundo os bombeiros, outras duas crianças ficaram feridas. Ainda não há informações se há mais vítimas soterradas.

O acidente aconteceu à tarde, numa área residencial, perto de uma igreja. Ainda segundo os bombeiros, o idoso de 64 anos chegou a ser levado com vida para o Hospital municipal Raul Sertã, mas não resistiu. Já a criança morreu no local. As outras vítimas também foram socorridas no mesmo hospital. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.    

veja também