MENU

Chuvas de julho reduzem possibilidade de racionamento em Curitiba (PR)

Chuvas de julho reduzem possibilidade de racionamento em Curitiba (PR)

Atualizado: Quarta-feira, 5 Agosto de 2009 as 12

O aumento no nível das barragens da Sanepar, a companhia de saneamento, na Região Metropolitana de Curitiba, reduz a possibilidade da adoção de rodízio de água. Segundo nota divulgada pela Agência Estadual de Notícias, do governo paranaense, diferentemente da previsão de outono e inverno secos, foram registrados 220 milímetros de chuva em julho, contra a média histórica de 70 mm.

A Sanepar informa que a reserva da água está com capacidade máxima, "o que aumenta a segurança do abastecimento de água no próximo verão". As barragens são reservatórios de água naturais que têm objetivo de garantir a produção e o abastecimento da Grande Curitiba, em períodos de redução dos índices pluviométricos.

Atualmente, três barragens estão em operação, com capacidade total de reserva de 129 milhões de metros cúbicos. São elas: Iraí, Piraquara I e Passaúna. A Piraquara II, inaugurada no ano passado, ainda está em formação e conta com 60% de seu volume. A previsão é de que, quando ela estiver em funcionamento, o volume armazenado na região aumente em 20,8 milhões de metros cúbicos.

O Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba é responsável pelo abastecimento de aproximadamente 3 milhões de pessoas.

veja também