Cidade gaúcha tem maioria das casas destelhadas durante ventania

Cidade gaúcha tem maioria das casas destelhadas durante ventania

Atualizado: Terça-feira, 1 Dezembro de 2009 as 12

Temporais e ventos que passaram dos cem quilômetros por hora atingiram o Rio Grande do Sul. De acordo com a Defesa Civil, 98 municípios já decretaram situação de emergência. A região noroeste foi a mais atingida.

Em Santo Cristo, ventos acima de cem quilômetros por hora arrancaram a cobertura de prédios. Noventa por cento das casas ficaram destelhadas.

Em Crissiumal, a força da tempestade derrubou árvores e postes. O município está sem energia elétrica e água. Segundo a prefeitura, cerca de 300 casas foram danificadas. A maioria ficou com a cobertura parcialmente destruída.

Em Esperança do Sul, várias escolas ficaram danificadas. A cobertura inteira de uma delas foi arrancada. Em outra unidade, o vento e a chuva derrubaram uma parede do ginásio de esportes.

Paraná

A chuva também provocou prejuízos no Paraná. Em Nova Tebas, os produtores aproveitaram a segunda-feira (30) para avaliar os prejuízos. A água alcançou o teto em uma propriedade. A família conseguiu escapar, mas pouca coisa será reaproveitada no sítio.

O excesso de chuvas fez o nível do Rio Corumbataí subir cerca de dez metros. Nem as árvores maiores resistiram à pressão da enxurrada e foram derrubadas pela enchente. Pelo menos cinco pontes de madeira foram arrastadas. Uma delas foi parar a cem metros de onde estava.

Dezenas de famílias de agricultores estão isoladas, sem poder sair das propriedades. Encostas desmoronaram e muitas estradas rurais estão interditadas.

veja também