MENU

Cinco cidades detêm 40% das prisões de motoristas por embriaguez em SC

Cinco cidades detêm 40% das prisões de motoristas por embriaguez em SC

Atualizado: Segunda-feira, 8 Março de 2010 as 12

Cinco municípios catarinenses registraram a maior parte dos casos de prisão de motoristas por embriaguez, nas rodovias federais de Santa Catarina. A cidades de Palhoça, Xanxerê, Lages, Biguaçu e São José contabilizaram, juntas, cerca de 40% das ocorrências.

Os números foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a pesquisa foi realizada entre dezembro de 2009 e fevereiro deste ano.

O chefe do Núcleo de Comunicação Social da 8ª SRPRF/SC, Leandro Andrade do Nascimento, explicou ao G1 que as cidades com maiores índices de acidentes estão na região litorânea da Grande Florianópolis.  “Grande parte dessas cidades estão no circuito turístico e são altamente povoadas. O número de festas também é alto. Esses motivos, ligados à forte fiscalização da polícia, explicam o grande número de acidentes com motoristas embriagados nesses locais”, afirma Nascimento. 

No período analisado pela PRF, 480 motoristas foram flagrados dirigindo alcoolizados. Desse total, 199 apresentaram índice igual ou superior a 0,30 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Por isso, além de serem multados, esses motoristas também foram presos responderão a processo criminal. Eles podem ser condenados a até três anos de prisão.

Do total de motoristas presos por embriaguez, 46 (23,11%) se envolveram em acidentes de trânsito. 

A pesquisa ainda revelou que a maior parte dos motoristas flagrados dirigindo embriagados são homens com idade entre 18 e 30 anos.

veja também