MENU

Cinco são detidos após assalto a empregada doméstica em SP

Cinco são detidos após assalto a empregada doméstica em SP

Atualizado: Terça-feira, 19 Outubro de 2010 as 8:14

Dois homens foram presos e três adolescentes apreendidos após assaltarem uma empregada doméstica na Vila Gustavo, Zona Norte de São Paulo, na noite desta segunda-feira (18). Eles foram encontrados graças a um motorista que seguiu os assaltantes com a vítima e avisou a polícia.

Luzinalva Cardoso Torres já estava perto de casa quando foi abordada. "Ele só mostrou a arma e eu entreguei a bolsa porque vi a arma e não iria pagar para ver", afirmou. Ela voltava de um curso de costura com as compras do supermercado e cartões de crédito.

O ladrão correu e se juntou a mais quatro. Um motorista que passava perto resolveu ajudá-la, seguindo o grupo e chamando a polícia. "Graças a Deus apareceu uma pessoa que me ajudou agradeci muito a ele e, graças a Deus, a polícia agiu rápido", disse ela.

Os assaltantes foram detidos em flagrante. Um dos adolescentes teria levado a arma para o roubo. “Ele falou que era filho de policial civil e que a arma seria da mãe dele", disse o soltado da Polícia Militar Douglas Rosa Rodrigues.

Segundo o delegado que investiga o caso, a arma apreendida não pertence à Polícia Civil – ela teria sido roubada de uma empresa de segurança em 1999. Ainda de acordo com o delegado, a mãe do adolescente que estava com a arma trabalha no setor administrativo da Polícia Civil há mais de 30 anos, mas não tem autorização para ter armas. Ela negou que tivesse algum revólver em casa.

Zona Leste

Na Zona Leste de São Paulo, um policial civil foi abordado quando chegava em casa. Ele reagiu e o assaltante acabou baleado na perna e na barriga. Ele está internado no Hospital de Vila Alpina e não corre risco de morrer.    

veja também