MENU

Cliente acusada de furto de chupeta será indenizada em R$ 5 mil no Rio

Cliente acusada de furto de chupeta será indenizada em R$ 5 mil no Rio

Atualizado: Terça-feira, 5 Abril de 2011 as 1:27

A Justiça do Rio condenou o Supermercado Guanabara a indenizar em R$ 5 mil, por dano moral, uma cliente acusada por um funcionário da rede de ter furtado uma chupeta. Nesta terça-feira (4), a 4ª Câmara Cível negou recurso de ambas as partes e manteve a sentença de 2010. Segundo o TJ-RJ, ainda cabe recurso.

De acordo com o processo, a cliente conta que realizou compras no supermercado e após ter passado pelo caixa foi abordada por um funcionário da empresa, na frente de vários clientes. Ainda segundo ela, o empregado disse que a cliente havia sido flagrada pelo sistema de câmeras da loja furtando uma chupeta.

Procurado pelo G1 , o Supermercado Guanabara ainda não se pronunciou sobre o caso. No processo, a rede de supermercados alega que a cliente não tem provas para justificar o caso, “não tendo sido capaz de reconhecer o suposto funcionário que a abordou”. Ainda segundo o documento, o supermercado negou a ocorrência do evento.

Gerente pediu desculpas

O processo mostra ainda que a cliente apresentou a nota fiscal comprovando a compra da chupeta e o gerente da loja chegou a se desculpar pelo fato. No entanto, a mulher foi à delegacia registrar ocorrência.

De acordo com o juiz Daniel Schiavoni Miller, responsável pela sentença de 2010, a condenação por dano moral se dá porque houve uma falha na prestação do serviço. Segundo ele, se havia a suspeita de furto era preciso que os funcionários do supermercado agissem com cautela durante abordagem, afim de preservar a cliente. “Indenização, aqui, é compensação”, considerou o juiz em sua sentença.      

veja também