MENU

Colisão entre ônibus e trem deixa nove mortos no interior de SP

Colisão entre ônibus e trem deixa nove mortos no interior de SP

Atualizado: Quinta-feira, 9 Setembro de 2010 as 11:45

Nove pessoas morreram e pelo menos 10 ficaram feridas em um grave acidente, por volta das 23h de quarta-feira, envolvendo um ônibus da Viação VCA e um trem de carga em uma passagem de nível no centro da cidade de Americana, no interior de São Paulo.

Segundo informações da polícia, o coletivo foi atingido em cheio pela composição, pertencente à América Latina Logística (ALL), e arrastado por cerca 100 metros. O ônibus fazia a última viagem do dia da linha Cidade Jardim - Zanaga e, segundo testemunhas, tentou atravessar a passagem logo atrás de um carro, mas não teve tempo. A composição, de 77 vagões - cada um pesando 100 toneladas - e quatro locomotivas, levava milho, soja e açúcar para o Porto de Santos.

De acordo com a Prefeitura de Americana, sete pessoas morreram na hora, uma a caminho do hospital e, outra, já no pronto-socorro municipal. Dos dez feridos que deram entrada no hospital, cinco sofreram apenas ferimentos leves e já foram liberados.

Uma das vítimas, porém, ainda está internada em estado grave. O motorista do ônibus, Alonso de Carvalho, de 50 anos, fraturou um pé, um braço e sofreu outras escoriações. O maquinista escapou ileso, mas entrou em estado de choque.

Segundo Érico Henrique de Oliveira, de 19 anos, enteado do motorista, a sirene tocou quando o ônibus estava no meio da travessia e não havia ninguém na guarita da passagem. Já a empresa ALL informou, por meio de nota, que a passagem de nível do local conta com alarme sonoro e luminoso, pintura de solo, Cruz de Santo André (indica que à frente o condutor irá encontrar uma passagem de nível) e redutor de velocidade e que o maquinista fez todos os procedimentos de segurança para evitar uma colisão, como "buzinar e acionar o freio de emergência", mas não conseguiu parar a tempo.

"O trem, ao contrário dos demais veículos, precisa de mais de 500 metros para parar totalmente, mesmo após o maquinista acionar os freios", diz a empresa. A via foi liberada apenas as 6h30 desta quinta-feira.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também