MENU

Com novas regras, doação de sangue deve aumentar 13% em MS

Com novas regras, doação de sangue deve aumentar 13% em MS

Atualizado: Quinta-feira, 16 Junho de 2011 as 4:09

Uma nova portaria publicada pelo Ministério da Saúde nessa terça-feira (14) traz mudanças para os atendimentos nos hemocentros do país. A faixa etária para coletar bolsas foi ampliada para 16 aos 67 anos. Antes, só quem tinha de 18 a 65 anos podia doar sangue.

No caso dos menores de idade, é preciso ter autorização dos pais. Com as novas regras, a expectativa dos hemocentros é que o número de doadores aumente em até 13%.

Em Dourados, cidade a 220 quilômetros da Capital, as alterações ainda não estão valendo. O sistema de cadastro precisa ser atualizado. A previsão é que na próxima semana tudo esteja modificado.

Para doar sangue, a pessoa interessada precisa responder a um questionário. Mas a nova portaria alterou algumas perguntas em relação a orientação sexual. Antes, se alguém dizia ser homossexual, podia ser vedado para doação. Hoje isso não deve acontecer. "Temos aliado a isso exames laboratoriais que vão pegar hepatite, HIV, então isso dá respaldo para incluirmos essas pessoas no rol de doadores", explica o coordenador do hemocentro de Dourados, Roberto Alva.

As novas regras estabelecem ainda que todo hemocentro precisa oferecer acessibilidade às pessoas com deficiência. A notícia agradou o estudante Caio Vinícius Zarzir. Ele perdeu o movimento das pernas quando levou dois tiros em uma briga de trânsito. Mesmo assim continuou ajudando a salvar vidas. "A gente precisa dessa acessibilidade para estar ajudando também. Dou doador há nove anos e tento ajudar sempre", afirma o estudante.        

veja também