MENU

Com seca, pescadores improvisam para navegar no Rio Doce, no ES

Com seca, pescadores improvisam para navegar no Rio Doce, no ES

Atualizado: Segunda-feira, 19 Setembro de 2011 as 1:37

O nível de água do Rio Doce, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, está abaixo do normal. No período de estiagem, aparecem bancos de areia no leito e dificulta a navegação e a pesca.

Para o nível do rio voltar ao normal, segundo especialistas, é preciso que chova na nascente do rio, que fica em Minas Gerais. Os pescadores usam pedaços de madeira para sinalizar o perigo. ''É uma forma de evitar acidentes. Tem lugares que a água bate no tornozelo e, em outros, o nível está normal'', explicou o aspirante Nardoto, do Corpo de Bombeiros.

Devido a seca, o rio também se torna fonte de preocupação e perigo para os moradores. ''Com os bancos de areia, as crianças podem cair de uma hora para outra em um buraco e acabar se afogando'', afirma o aspirante Nardoto.     Lagoa Juparanã

&S232; A Lagoa Juparanã, em Linhares, a segunda maior lagoa do Brasil, sofre com o mesmo problema. A seca castiga e o nível de água está baixo.

Os pescadores reclamam da seca e da dificuldade de pescar. ''Passamos necessidade, pois com a seca e o nível de água baixo, não há peixe. Sem peixe, não podemos sustentar nossas famílias'', explicou o presidente da Colônia de Pescadores da região da lagoa Juparanã, Janilson Ribeiro.

De acordo com os meteorologistas, o período de estiagem vai até inicio de outubro, quando começará a época das chuvas.          

veja também