Comunidade onde criança morreu de meningite é imunizada, no ES

Comunidade onde criança morreu de meningite é imunizada, no ES

Atualizado: Quarta-feira, 14 Setembro de 2011 as 10:32

A comunidade de Santiago, na região rural do município da Serra, já começou a ser imunizada na manhã desta quarta-feira (14), depois que uma menina de três anos morreu vítima de meningite.

Raquel Carvalho Pereira, contraiu a forma mais grave da doença, a meningocócita. Esse é o 26º caso e a 9º morte por este tipo de meningite no estado este ano. A criança começou a passar mal no final da tarde de segunda-feira (12) e, no dia seguinte, já foi internada, no Hospital Infantil de Vitória, em estado gravíssimo.

  Todas as pessoas, entre familiares, amigos e vizinhos, que tiveram contato direto com a menina nos últimos 15 dias devem ser submetidos aos procedimentos de quimioprofilaxia, que consiste na imunização através de antibióticos.

O médico Julius Caesar Ramalho, da Vigilância Epidemiológica da Serra e referência técnica em meningite no município, explicou que vai ser feito um estudo na comunidade para identificar de onde o vírus da meningite pode ter vindo.

“Vai ser um grande desafio saber de onde veio essa bactéria, já que a comunidade aqui é tão pequena e isolada. Crianças dentro da faixa etária recomendada, que estiverem com a vacina em atraso, deverão receber uma dose de reforço, para evitar que a bactéria responsável pela doença se alastre”, informa.

O médico alerta para o fato de que este foi o primeiro e único caso registrado na região até o momento e não existe suspeita de surto da doença no município. A comunidade está assustada e teme que a doença se propague na região.

A menina Raquel era a caçula de cinco irmãos. O corpo da criança deve ser enterrado no município de Fundão, interior do Estado.

veja também