MENU

Comunidade se mobiliza para evitar fugas de presos no interior do Paraná

Comunidade se mobiliza para evitar fugas de presos no interior do Paraná

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 2:52

   A população do município de Marechal Cândido Rondon, Norte do Paraná, se mobilizou para tentar evitar as frequentes fugas de presos da delegacia local. Doações foram feitas pelos cidadãos para que melhorias fossem realizadas na carceragem.

Nos últimos dois anos foram 20 fugas, nas quais mais de 130 presos escaparam. A cadeia foi construída para abrigar 16 presos, mas está com 71, quase quatro vezes mais. O número era ainda maior, já que mais de 50 foram transferidos para outras cidades após rebelião na última semana.

O método mais utilizado é a escavação de túneis, que saem de debaixo das camas para fora da delegacia. A facilidade é tanta que muitos presos que fugiram costumam ser vistos pela população sem qualquer preocupação em esconder-se. “... isso só acontece aqui mesmo. O preso lá, tomando cerveja, tinha acabado de fugir da delegacia”, contou a vendedora Marilei da Silva.

Para contornar as falhas, o empresário Vilmar Lauxen doou o aço que irá revestir o piso das celas: ”A gente ganha em segurança né...” afirmou. O delegado Nassif Palma informou que o aço será colocado debaixo das camas dos detentos. “Nós vamos colocar chapas de aço de cerca de dois milímetros, que serão parafusadas e chumbadas no chão. Além disso, cerca de 20 cm de concreto usinado em cima. Creio que irá dificultar bastante essa questão de eles furarem o nosso chão”, disse.

A população também vai ajudar na identificação dos presos. Com dinheiro do Conselho da Comunidade, serão confeccionados uniformes alaranjados para os detentos.        

veja também