MENU

Condomínios decidem multar moradores que falam palavrões

Condomínios decidem multar moradores que falam palavrões

Atualizado: Terça-feira, 31 Maio de 2011 as 1:39

Prédios estão multando moradores que falam palavrão durante jogo na quadra ou que gritam palavras de baixo calão nas janelas. A informação é da reportagem de Cristina Moreno de Castro publicada na edição desta terça-feira da Folha. A reportagem completa está disponível para assinantes da Folha e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Na zona sul de São Paulo, um morador foi multado em cerca de R$ 600 --valor de um condomínio-- após soltar um rotundo "filho da puta" durante uma partida de futebol. Ele recorreu à Justiça alegando que não disse nada impróprio e pediu ainda indenização por danos morais de R$ 3.500. O processo está tramitando.

O Grupo Light, que administra o prédio, diz que a maioria dos 149 condomínios administrados por sua empresa já adotou a norma de multar o morador "boca-suja". Em 2010, foram 299 multas e advertências aplicadas por conta de palavrões.     Jovens jogam bola em campo de futebol em que palavrões foram proibidos, em condomínio na Barra da Tijuca        

veja também