MENU

Condutores de trens do Metrô de SP fazem curso de locução

Condutores de trens do Metrô de SP fazem curso de locução

Atualizado: Quinta-feira, 22 Julho de 2010 as 9:47

O Metrô de São Paulo, em parceria com o Senai, está oferecendo curso de locução aos condutores de trens e operadores. O objetivo é melhorar a qualidade da emissão dos avisos sonoros. Os funcionários estão recebendo dicas de entonação e dicção e aprendendo como lidar com a ênfase e a pausa corretas para uma boa leitura. Também são realizados exercícios vocais.

Além de alertar as pessoas sobre a próxima estação, o sistema de som também é usado para procurar passageiros que se desencontraram de parentes ou que perderam objetos. Em alguns casos, ruídos e interferências atrapalham a comunicação e o passageiro não entende o aviso.

Nas composições mais antigas, há problemas técnicos e a voz do condutor não sai pelas janelas acústicas. Outras vezes, o problema está na dicção do condutor que fala baixo, tem voz meio fanhosa ou atropela as palavras.

Histórias curiosas

Quem trabalha no Metrô coleciona histórias curiosas sobre o serviço de avisos sonoros. Uma delas envolve turistas russos. “O grupo conhecia o Metrô de São Paulo. Um deles, distraído, se perdeu do grupo e ficou perambulando pelas estações. Ele procurou um funcionário uniformizado que não entendeu uma palavra do que o passageiro dizia. Esse funcionário entrou em contato com um colega, que achou outro que falava russo e saiu o aviso sonoro com o sotaque russo. Com essa ajuda, eles encontraram o passageiro perdido”, conta Carlos Santi, supervisor da sala de controle do Metrô.

veja também