MENU

Conselho diz que crianças trancadas em casa não eram maltratadas

Conselho diz que crianças trancadas em casa não eram maltratadas

Atualizado: Segunda-feira, 5 Setembro de 2011 as 12:09

A família das três crianças que foram encontradas trancadas em casa em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, no sábado (3), prestava depoimento por volta das 11h20 desta segunda-feira (5) no Conselho Tutelar. Os pais e as crianças começaram a ser ouvidos por um conselheiro tutelar desde as 10h50. O menino mais velho, de 12 anos, ligou para a Polícia Militar pedindo ajuda para sua irmã de 5 meses, que, segundo ele, estava com fome.

Segundo a versão do garoto, o pai das crianças tinha ido para o trabalho e a mãe saiu de casa para fazer ciúmes no marido. “Ela tá com birra do meu pai, aí ela me deixou preso, pro meu pai, tipo, ele foi trabalhar, ela tem ciúme do meu pai”, contou o menino, que revelou sofrer agressões. “Todo sábado, todo domingo. Ela também me bate, me deixa com lesões. Já queimou a minha mão, já queimou a minha barriga.”   Nesta manhã, enquanto a família era ouvida, um dos conselheiros informou que a versão dada pelos pais era outra. De acordo com o casal, a mãe faz faculdade de pedagogia com bolsa de estudos e, por isso, precisa trabalhar aos fins de semana, das 11h às 15h no programa Escola da Família, em um colégio  estadual. No sábado, ela pediu que o pai ficasse com os filhos. O homem, entretanto, ele não voltou a tempo, deixando as crianças sozinhas. Foi quando o filho mais velho ligou para a PM.

Segundo os conselheiros, o pai e as crianças disseram que a mulher é uma boa mãe e que não há indícios de negligência. Por enquanto, também não há indício de que os filhos são vítimas de maus-tratos, como chegou a dizer a PM. O casal deve receber uma advertência por deixar as crianças sozinhas em casa, mas as crianças devem permanecer com os dois.

Gravação

A gravação telefônica mostra o pedido de socorro do menino à PM.

PM: Polícia Militar, emergência, bom dia.

Menino: Bom dia, moço. É que a minha mãe me deixou aqui preso com os meus irmãos e é quase sempre ela faz isso. Aí a minha irmã está sem leite. Tá sem alimento. O que que eu poderia fazer?

PM: Você tem quantos anos?

Menino: 12 [anos]

PM: E a sua irmã, que está com você, está com quantos anos?

Menino: A minha irmã tem 5 meses.          

veja também