MENU

Construção de casas populares está parada há 6 meses em Juazeiro

Construção de casas populares está parada há 6 meses em Juazeiro

Atualizado: Quinta-feira, 27 Outubro de 2011 as 9:31

Famílias cadastradas no programa Viver Bem reclamam de atraso nas obras de casas populares em Juazeiro, norte da Bahia. Há seis meses, a construção parou e o conjunto residencial está abandonado. Portas e janelas foram arrancadas. As paredes estão sendo depredadas e os telhados também foram destruídos.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, a obra foi paralisada porque a documentação do terreno onde as residências estão sendo construídas não estava regularizada. “A Prefeitura de Juazeiro precisava comprovar a titularidade de área. Era o que nós não tínhamos na época e a Caixa Econômica Federal nos pediu que fizéssemos a regularização daquela área”, explica a secretária Célia Regina Carvalho. A Secretaria informou ainda que o problema já está sendo resolvido e as obras devem ser retomadas nos próximos dias.

Os imóveis foram construídos no bairro Codevasf a partir de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Juazeiro. As residências deveriam abrigar famílias cadastradas no programa e que vivem em situação de extrema pobreza.

O Projeto Viver Bem previa a construção de 140 casas populares, mas apenas 26 foram erguidas. No mês de abril, a obra foi paralisada. A auxiliar de serviços gerais Luíza Maria da Silva está inscrita no programa para receber uma das casas. Hoje, ela mora com os nove filhos numa casa de taipa, que já foi roubada várias vezes. “Quero ter minha porta para fechar. Vai me dar mais segurança”, diz.

Em junho, as casas foram ocupadas por moradores que protestavam contra a paralisação das obras. Depois da chegada de fiscais da prefeitura e da Polícia Militar, eles deixaram a área.    

veja também