Contra o tráfico, Temer diz em MT que segurança será reforçada

Contra o tráfico, Temer diz em MT que segurança será reforçada

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:29

Michel Temer esteve em Cuiabá para participar de

um evento do PMDB (Foto: Reprodução TVCA)

  O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou durante ato de filiação de novos militantes ao PMDB realizado nesta quinta-feira (1º), em Cuiabá, que o governo federal vai investir na segurança da fronteira entre Mato Grosso e Bolívia. Para inibir a entrada de drogas no país, o líder peemedebista destacou que devem ser  firmados acordos com todos os países vizinhos por meio do Plano Nacional de Segurança na Fronteira, o qual coordena.

Ele citou que recentemente foi firmado um tratado com o governo da Colômbia para o combate ao narcotráfico. "A nossa intenção é fazer isso com todos os países de fronteira", informou Temer, em resposta a uma das maiores reivindicações feitas em público pelo governador do Estado, Silval Barbosa (PMDB).     O Plano de Segurança, conforme o vice-presidente, foi criado mediante projeto da presidente Dilma Roussef (PT) com o entendimento de que o setor de segurança não é de responsabilidade somente dos estados, mas do poder público como um todo. "Já fui secretário de Segurança de São Paulo por duas vezes e naquela época a concepção era de que segurança pública era um problema do estado, mas hoje não", lembrou.

Antes de fazer alguns pedidos considerados prioritários pela administração estadual, Silval enfatizou que uma das características do PMDB é expor os problemas na tentativa de solucioná-los. Além da ampliação da segurança na fronteira, ele requisitou que a União não corte recursos referentes às duas etapas do Programa de Aceleração do Crescimento, PAC 1 e 2, e a conclusão das obras de pavimentação da BR-163, que liga Cuiabá a Santarém (PA).

Relação com Congresso

O apoio do governo Dilma no Congresso Nacional é inabalável, como garantiu o vice-presidente quando questionado sobre a possibilidade de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar suspeita de casos de corrupção no governo. Segundo ele, a gestão conta com apoio extraordinário da Câmara Federal e do Senado.

Eleições de 2012

No encontro que reuniu várias lideranças da sigla peemedebista, Temer assegurou que Mato Grosso está na rota dos estados em que o PMDB irá lançar candidato próprio a prefeito das capitais. Durante o evento realizado hoje, 20 pretensos candidatos a prefeito se filiaram ao PMDB.          

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições