MENU

Convenção do PMDB em São Paulo deve oficializar apoio ao PSDB de Geraldo Alckmin

Convenção do PMDB em São Paulo deve oficializar apoio ao PSDB de Geraldo Alckmin

Atualizado: Terça-feira, 1 Junho de 2010 as 3:40

Após ameaças da ala pró-PT, o ex-governador de São Paulo Orestes Quércia caminha para ratificar seu nome como candidato do PMDB ao Senado e selar a coligação com o PSDB em São Paulo nas eleições deste ano. A decisão de apoiar os tucanos, cuja chapa será encabeçada pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), será na convenção estadual do PMDB, no próximo dia 13, das 8 horas às 13 horas, na Assembleia Legislativa, na capital paulista.

No dia anterior, em Brasília (DF), a ala paulista contrária a Quércia ratificará a indicação do presidente da Câmara dos Deputados e do PMDB nacional, Michel Temer, como candidato a vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff.

Liderada por Temer e pelo ministro da Agricultura, Wagner Rossi, a ala do PMDB paulista apoiará ainda a coligação com o PT nacional e fará oposição ao PSDB de José Serra na eleição de outubro.

Rossi, um dos mais ferrenhos críticos de Quércia em São Paulo, já declarou que defende o apoio do PMDB ao senador Aloizio Mercadante (PT-SP) no Estado. No entanto, o apoio de peemedebistas a Mercadante será mesmo velado nas eleições em São Paulo, conforme disse o deputado estadual Baleia Rossi, filho do ministro da Agricultura.

- A questão do apoio ao PSDB em São Paulo me parece definida, pois não surgiu outra articulação que pudesse mudar isso.

Além da escolha de Quércia como candidato a senador e do apoio ao PSDB e a Alckmin, a convenção estadual do PMDB definirá a chapa de candidatos a deputado e ainda os números que eles terão nas eleições de 3 de outubro.

veja também