MENU

Coronel atropela motociclista e nega teste de embriaguez, diz polícia

Coronel atropela motociclista e nega teste de embriaguez, diz polícia

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 10:24

Um coronel aposentado da Polícia Militar atropelou um motociclista na noite deste domingo (23), na avenida Dante Michelini, em Vitória. O motorista, Carlos Carvalho Loureiro, ex- comandante geral da PM no Espírito Santo, se recusou a fazer o teste do bafômetro.

O acidente aconteceu por volta das 20h. O motociclista estava parado no semáforo quando foi atropelado pelo coronel, que dirigia um carro modelo Vectra. Segundo o sargento Jalerci, que atendeu a ocorrência, o coronel se negou a fazer o bafômetro. "Não posso afirmar que estava bêbado, mas aparentava", afirma.   O motociclista, Paulo Sérgio Neves, disse que além de ser atropelado, quase foi agredido pelo coronel. "Ele veio para cima de mim, mas escorregou e caiu no chão. Ele estava muito bêbado, não aguentava ficar em pé", conta.

O coronel Carvalho foi encaminhado para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória. Antes de entrar na delegacia, ele tentou explicar o acidente para a equipe de reportagem. "O sinal amarelou e bateu...", diz, com voz enrolada. Depois de negar, ele admitiu que bebeu antes de atingir o motociclista e disse porque não fez o teste. "A lei me faculta isso. Eu bebi", afirma.

Após falar com a equipe de reportagem, o coronel dormiu dentro do carro da polícia. Após exata 1 hora, o coronel decidiu entrar na delegacia, cobriu o rosto e saiu do carro. De acordo com a Polícia Militar, ele já foi liberado. O motociclista atropelado teve ferimentos leves.

Vectra de coronel aposentado atingiu motociclista na avenida Dante Michelini. (Foto: Reprodução/TV Gazeta)            

veja também