MENU

Corpo de José Alencar deixa hospital em São Paulo

Corpo de José Alencar deixa hospital em São Paulo

Atualizado: Quarta-feira, 30 Março de 2011 as 8:16

 O corpo do ex-vice-presidente José Alencar deixou o Hospital Sírio-Libanês, no Centro de São Paulo, às 7h desta quarta-feira (30), para ser levado ao Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital, e seguir para Brasília.

O corpo de Alencar será levado em uma aeronave C-105, um avião de transporte de tropas da Força Aérea Brasileira (FAB). Um avião de passageiros da FAB também foi colocado à disposição de familiares do ex-vice-presidente Alencar, de 79 anos, morreu às 14h41 desta terça, em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o Hospital Sírio-Libânes, onde estava internado havia dois dias.

Batedores da PM e soldados do Exército chegaram ao hospital mais de uma hora antes do cortejo começar. Os carros deixaram o prédio por uma saída lateral, que foi cercada durante a madrugada para evitar aglomeração de curiosos e da imprensa.   A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que o trajeto do traslado do corpo do ex-vice-presidente seguiria pelas ruas Barata Ribeiro e Nicolau dos Santos, e avenidas Nove de Julho, Brasil, Pedro Álvares Cabral, 23 de Maio, Rubem Berta e Washington Luiz.

Não há ainda informações sobre bloqueios. De Congonhas, o corpo seguirá em aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) para a Base Aérea de Brasília. O governador paulista, Geraldo Alckmin, acompanhou o cortejo fúnebre até Congonhas.

A família de Alencar, segundo a assessoria, não acompanharia o trajeto, pois iria direto para Brasília. Os familiares deixaram o hospital por volta das 22h desta terça, após receber a visita de Alckmin, do vice-governador paulista, Guilherme Afif Domingos, e do ex-governador José Serra.

Durante a madrugada, o corpo do ex-vice-presidente foi preparado para enfrentar a viagem e a exposição ao público durante o velório, que irá ocorrer nesta quarta, em Brasília, e na quinta-feira (31), em Belo Horizonte.      

veja também