MENU

Corpo de menino que caiu em piscinão ainda não foi identificado

Corpo de menino que caiu em piscinão ainda não foi identificado

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 11:11

O corpo do menino de 10 anos que morreu após cair em um piscinão na Avenida Aricanduva, na Zona Leste de São Paulo, na sexta-feira (11), permanecia no Instituto Médico-Legal (IML) Leste na manhã desta segunda-feira (14), ainda sem identificação. Nenhum parente da criança acompanhou as buscas nem procurou a polícia ou o IML.

Segundo os bombeiros, o menino deixou a bola cair no piscinão e pulou para pegá-la. Os moradores da região tentaram ajudá-lo, mas não conseguiram. Por isso, acabaram demorando quase 40 minutos para acionar o telefone de emergência do Corpo de Bombeiros.

Na manhã de sábado (12), equipes de resgate decidiram que, antes de entrar no reservatório, iriam acionar as bombas de sucção para diminuir o nível da água – com a forte chuva desta sexta, ele chegou ao limite máximo, de 15 metros de altura.     Os moradores dizem que a criança estava brincando em uma rua ao lado do piscinão. “Ele estava aqui do lado e uma criança gritou que o menino estava se afogando”, disse o auxiliar de manutenção Reinaldo Macedo. A dona de casa Cristiane Batista conta que a filha dela viu o momento que o menino entrou para pegar a bola. Segundo testemunhas, um outro garoto, que seria irmão da vítima, também caiu, mas foi salvo.

Já o Corpo de Bombeiros acredita na versão de um outro morador. O sargento Luis Heraldo de Sousa Lima, do Corpo de Bombeiros, disse que a criança deve ter caído enquanto brincava em uma rampa ao lado de um shopping. Essa rampa foi arrastada com a chuva.

O subprefeito de Itaquera, Paulo Máximo, lembra que um caso de afogamento aconteceu apenas uma vez, há cinco anos. “É uma área restrita para evitar esses acidentes. As pessoas que não são autorizadas [a estar no local] são convidadas a se retirar”, afirmou.      

veja também