MENU

Corpo de mulher morta após briga em vallet é enterrado nesta segunda-feira

Corpo de mulher morta após briga em vallet é enterrado nesta segunda-feira

Atualizado: Segunda-feira, 18 Abril de 2011 as 8:41

  O corpo de Rosa Maria Leite Alves será enterrado às 11h desta segunda-feira (18), no cemitério Itaquera, na rua Serra de São Domingos, na zona leste da capital paulista. Rosa Maria morreu após ser vítima de agressão e atropelamento, na avenida Dom Pedro II, no bairro Campestre, em Santo André, no ABC, na madrugada de domingo (17), durante uma festa de casamento de sua sobrinha.

De acordo com Maurício Garcia da Rocha, sobrinho da vítima, a confusão começou quando eles voltavam ao carro para irem embora da festa . Após constatar que faltavam algumas moedas no carro para pagarem o serviço de vallet, Leonardo Florentino Alves, que é filho da vítima e um dos noivos da festa, foi à procura do gerente do local para prestar queixa.

Nesse momento, o noivo de uma festa que ocorria ao lado do salão teria chegado ao local e abordado o filho da vítima. Ambos começaram a discutir e a agressão começou. Nilson Florentino Alves, marido da vítima, tentou ajudar o filho, mas acabou agredido, assim como Maria Rosa. Os três foram agredidos pelo noivo da outra festa e por amigos deles.

Segundo Rocha, o agressor entrou no carro do noivo, enquanto as vítimas estavam caídas no chão, e deu marcha ré, passando por cima de Maria Rosa.

- Ele entrou no carro do meu primo, deu marcha ré e passou por cima da minha tia. Então ele passou por cima de novo, desceu do carro e começou a chutá-la na região do tórax. Eu acho que ele estava alcoolizado e drogado, inclusive.

Ainda segundo Rocha, um funcionário do salão tentou ajudar, mas o agressor o impediu. O sobrinho conta que toda a família está abalada pelo o que aconteceu.

- A gente ainda não consegue acreditar que isso aconteceu. A filha da minha tia está em estado de choque.

O corpo de Rosa Maria Leite Alves foi velado no domingo (17), em uma igreja evangélica na rua Guilherme Valença, na Cohab José Bonifácio, na região de Itaquera.    Até a publicação desta notícia, a informação é de que o agressor permanecia detido no 2º Distrito Policial de Santo André. Ele irá responder na Justiça por homicídio doloso (quando há intenção de matar) e lesão corporal.      

veja também