Corpos de mineiros mortos no México estão a caminho de Sardoá, em MG

Corpos de mineiros mortos no México estão a caminho de Sardoá, em MG

Atualizado: Sexta-feira, 1 Outubro de 2010 as 9:56

Os corpos dos dois mineiros mortos em uma chacina no México, Juliard Aires Fernandes, de 20 anos, e Hermínio Cardoso dos Santos, de 24 anos, deixaram o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, às 8h30 desta sexta-feira (1º), e estão a caminho de Sardoá, no leste de Minas, de acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese). Os dois corpos chegaram ao aeroporto às 3h desta sexta-feira (1º).   Ainda de acordo com a Sedese, a aeronave com os corpos saiu da Cidade do México (México), fez uma escala na Cidade do Panamá (Panamá) e depois seguiu direto para Minas. A previsão é que os corpos cheguem a Sardoá às 14h desta sexta-feira (1º), segundo informações da Sedese.

Entenda o caso

No dia 25 de agosto, o governo do México anunciou a descoberta de 72 corpos de pessoas mortas a tiros em uma fazenda na região de Tamaulipas, que faz fronteira com o estado norte-americano do Texas. O crime foi o maior decorrente de disputas entre os cartéis de narcotraficantes Golfo e Zetas desde a posse do presidente Felipe Calderón, em 2006, segundo o governo mexicano.       Postado por: Guilherme Pilão

veja também