MENU

Corregedoria investiga PMs suspeitos de participar de esquema na Anchieta

Corregedoria investiga PMs suspeitos de participar de esquema na Anchieta

Atualizado: Terça-feira, 14 Junho de 2011 as 3:57

Ao menos 11 policiais militares são investigados pela Corregedoria da PM por suspeita de participar de um esquema irregular de desvio de caminhões das balanças de pesagem da Via Anchieta, que liga o litoral de São Paulo à capital. O caso foi confirmado nesta terça-feira (14) pela assessoria de imprensa da PM.

Segundo a Polícia Militar, os policiais foram afastados das suas funções nas ruas até o fim das investigações feitas pela Corregedoria da corporação. Eles continuam trabalhando, mas em atividades administrativas.

Ainda de acordo com a PM, os policiais desviavam os caminhões que precisavam passar pela balança de pesagem da rodovia, permitindo que aqueles acima do peso permitido trafegassem pela via. A Corregedoria apura se eles receberam algum dinheiro em troca.

Como há a suspeita de que funcionários da Ecovias, a concessionária responsável pela rodovia, também tenham envolvimento no esquema, a PM diz que o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, foi notificado das apurações.

Procurada nesta terça, a assessoria de imprensa do Ministério Público informa que nenhum documento chegou ao Gaeco a respeito do caso até o momento.

Em nota, a Ecovias diz não ter recebido “qualquer informação da Polícia Militar Rodoviária sobre o assunto em questão”. “A empresa lembra que a liberação e autuação dos veículos nas balanças são feitas somente pelos agentes do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e da própria Polícia Rodoviária. Aos funcionários da Ecovias cabe apenas a operação dos sistemas e dos equipamentos de pesagem”, diz a concessionária.

Ainda segundo a Ecovias, “a pesagem de veículos comerciais é de seu total interesse para garantir a segurança nas rodovias, bem como para a preservação do pavimento”.          

veja também