Corregedoria vai punir delegada que investigou casos de pedofilia em SP

Corregedoria vai punir delegada que investigou casos de pedofilia em SP

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 8:26

A Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo decidiu punir uma delegada que participou de investigações de casos de pedofilia em Catanduva, a 385 km de São Paulo. A sindicância realizada concluiu que a policial não agiu de má fé, mas cometeu falha durante a apuração.

O caso está sob sigilo e não foi divulgado que tipo de punição ela pode sofrer. A delegada continua trabalhando normalmente. Já a delegada titular da Delegacia da Mulher do município foi absolvida das acusações.

Os erros teriam ocorrido durante a apuração das denúncias envolvendo um borracheiro acusado pela polícia de aliciar menores e o sobrinho dele. Nesta semana, o Tribunal de Justiça absolveu o borracheiro em um dos processos. Mas ele vai continuar preso porque responde a outras acusações de pedofilia. Os dois estão no Centro de Detenção Provisória de São José do Rio Preto, a 438 km da capital.    

veja também