MENU

Cresce registro de furto e roubo de carros em BH

Cresce registro de furto e roubo de carros em BH

Atualizado: Terça-feira, 17 Agosto de 2010 as 8:56

Em 6 de abril, a empresária Rosa Maria de Magalhães, de 45 anos, estacionou sua caminhonete Ranger na Rua Silveira, Bairro da Graça, Região Nordeste de Belo Horizonte. Horas depois, foi buscá-la e não a encontrou. Passados mais de quatro meses, a polícia ainda não tem pistas do automóvel, embora ele seja equipado com rastreador. O drama de Rosa é compartilhado com um grupo que vem crescendo na capital mineira. Em 2009 foram roubados ou furtados 5.581 veículos (incluindo motos) na cidade, média de 15,2 casos por dia. No primeiro semestre deste ano foram 3.164 ocorrências, aumentando a média diária em 14,5%, passando para 17,4 de janeiro a junho. “É horrível, um vazio imenso e grande sensação de impotência”, desabafa a empresária.

As estatísticas foram extraídas do banco de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e reunidas num relatório pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg). Belo Horizonte aparece na oitava posição das cidades com maior número de furtos e roubos de veículos concentrando 3.164 dos 8.208 casos registrados em Minas, ou seja, 38,5%. “O aumento de 14,5% de casos por dia na cidade é bem significativo”, ressalta Neival Rodrigues Freitas, diretor executivo da Federação Nacional de Seguros Gerais, vinculada à CNSeg.

Em junho, a Polícia Civil mineira divulgou balanço de furtos e roubos de veículos na capital, no primeiro quadrimestre deste ano: 1.653. Os dados do Denatran, no entanto, apontam 2.055 casos de janeiro a abril – 402 carros e motos a mais. O chefe da Coordenação de Operações Policiais da corporação, delegado Ramon Sandoli, responsável pelo balanço, informou que foram usadas estatísticas oficiais do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) e não quis comentar os números obtidos pela CNSeg.

Na lista das 10 cidades mineiras com maior número de furtos e roubos de veículos no primeiro semestre, BH é seguida por Contagem (938), na região metropolitana; Uberlândia (491) e Uberaba (453), no Triângulo; Betim (253), também na região metropolitana; Divinópolis (199), na Região Centro-Oeste; Montes Claros (174), no Norte; Alfenas (103), no Sul; Ipatinga (92), no Vale do Aço; e Juiz de Fora (84), na Zona da Mata. Dos 3.164 veículos roubados ou furtados em BH, 540 são motocicletas. Nesse ranking nacional, a capital mineira cai para a nona colocação.  

Postado por: Thatiane de Souza

veja também