MENU

Criminosos se passam por gerentes para furtar cartões de idosos em SP

Criminosos se passam por gerentes para furtar cartões de idosos em SP

Atualizado: Quinta-feira, 9 Junho de 2011 as 9:01

Uma quadrilha especializada em golpes contra idosos já fez ao menos cinco vítimas em Itapetininga, a 172 km de São Paulo. Os criminosos ligam para a casa da vítima dizendo ser do banco e que o cartão dela tem que ser trocado. Um falso gerente vai à casa da pessoa e, num momento de distração, furta o cartão e a senha.

Uma mulher que não quis ter o nome revelado disse que sofreu um prejuízo de R$ 20 mil. Ela recebeu a ligação de uma pessoa que se passava por gerente. “Ele disse: ‘A senhora tem uma tesoura aí. Vou cortar que não tem problema’. No que fui pegar a tesoura, ele trocou os cartões dele com os meus.”

A movimentação bancária da quadrilha mostra que o grupo atua em outras regiões do estado e também na capital paulista. Os criminosos pediram que as pessoas não fizessem movimentações bancárias durante uma semana.

Segundo a polícia, isso é uma estratégia para facilitar as transações. A quadrilha também clonou cartões e fez empréstimos e financiamentos com o nome das vítimas.

De acordo com o delegado Marcos Tadeu, o grupo é bem organizado. “Golpe é muito hem planejado, o que dificulta nossas investigações. Mas conseguimos algumas informações importantes.”          

veja também