MENU

Curiosos madrugam na fila para assistir ao júri do caso Eloá

Curiosos madrugam na fila para assistir júri de Lindemberg

Atualizado: Segunda-feira, 13 Fevereiro de 2012 as 9:38

Chegou ao Fórum de Santo André, no ABC Paulista, às 8h11, Lindemberg Alves Fernandes, 25 anos, acusado de matar a ex-namorada Eloá Pimentel, então com 15 anos, em 2008, após mantê-la por 101 horas em cárcere privado. Ele entrou pelos fundos.

Filas se acumulam desde a noite de ontem para acompanhar o júri popular, previsto para ter início às 9h.

A expectativa é que a sentença saia em até quatro dias.

Curiosos e familiares de vítimas de violência acordaram cedo para garantir um lugar no plenário do Fórum de Santo André. Cerca de 50 pessoas aguardam na chuva para assistir ao julgamento, entre elas, o estudante de direito Thiago Badan, 32 anos, que chegou à meia-noite para ficar em primeiro na fila e arrisca um palpite sobre o desfecho do caso.

"Acho que a população já o condenou, é muito difícil que ele não seja condenado pelo Tribunal, se já foi condenado pela sociedade", disse.

Também aguardava na fila para assistir ao julgamento Marta Consoli, mãe da estudante Bianca, 19 anos, assassinada há cinco meses. Ela e a fila Daiana, ex-mulher do acusado de matar a irmã, Sandro Dota, estavam desde as 7h do lado de fora do fórum para prestar solidariedade à mãe de Eloá.

"Eu vim prestar minha solidariedade à mãe da Eloá. Perder um filho é uma dor que nunca passa. E também, vim para preparar o meu coração para o julgamento do assassino da minha filha", afirmou.

O julgamento de Lindemberg deve durar cerca de três dias e ele pode pegar até 100 anos de prisão, se condenado.

veja também