MENU

Decisão judicial retira ônibus da Coopatram de circulação

Decisão judicial retira ônibus da Coopatram de circulação

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 11:32

Ônibus da Coopatram é guinchado nesta terça

(Foto: Leonardo Ribbeiro/TV Globo)

  Oficiais de Justiça compareceram à garagem da Coopatram, em Planaltina, a 38 quilômetros de Brasília, na madrugada desta terça-feira (28), com ordem de recolhimento dos cem ônibus da cooperativa.

De acordo com a gerente administrativa da Coopatram, Adriana Rodrigues da Silva, a ação começou às 4h, quando o chefe de tráfego da empresa ia liberarar os veículos para circulação.

Vice-presidente da cooperativa, Cleber Fernandes conta que a Coopatram negociava uma dívida que atualmente está em R$ 60 milhões com o Banco de Brasília (BRB), iniciada em 2008, como um empréstimo de R$ 21 milhões. "Já estávamos pagando R$ 800 mil da bilhetagem eletrônica, mas, nesses três últimos meses, só estávamos tirando R$ 380 mil a R$ 500 mil. Por isso, acreditamos que houve a busca e a apreensão".

Fernandes contou que a redução da frota foi um dos motivos da diminuição da receita. Em abril deste ano, 26 carros da Coopatram foram apreendidos pelo Detran porque estavam com o IPVA vencido. Eles só retornaram a circular há duas semanas, após pagamento do imposto. Outros dez veículos estão quebrados. Para o vice-presidente, a greve de motoristas e cobradores, de duração 27 dias, realizada em março, também diminuiu o dinheiro arrecadado.

O G1 entrou em contato com a assessoria do BRB e aguarda retorno sobre o caso.

A Coopatram faz o transporte de passageiros do Arapoanga, Vale do Amanhecer e Planaltina para o Plano Piloto.          

veja também