MENU

Decretada prisão preventiva de quatro torcedores no Rio, diz polícia

Decretada prisão preventiva de quatro torcedores no Rio, diz polícia

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 8:17

Cem torcedores foram detidos após confusão em

1º de maio (Foto de arquivo: Tássia Thum / G1)

  Mais de um mês após a briga de torcedores do Vasco e do Flamengo, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, que deixou um morto, a 3ª Vara Criminal de Niterói decretou, nesta segunda-feira (27), a prisão preventiva de quatro torcedores suspeitos de envolvimento no crime. As informações foram confirmadas pela Polícia Civil.

O crime aconteceu no dia 1º de maio, na Praça do Barreto. Em nota oficial, a Polícia Civil informou que três dos quatro suspeitos já estavam presos temporariamente. O quarto suspeito ainda está foragido.

No início de junho, a prisão deles já havia sido prorrogada. Eles vão responder por homicídio e formação de quadrilha. Ainda de acordo com a polícia, ao todo dez pessoas foram feridas no confronto, sendo que nove foram baleados. Cem torcedores, entre eles 15 menores de idade, chegaram a ser detidos suspeitos de participar da confusão. O G1 tentou entrar em contato com o Tribunal de Justiça, mas até o fim da noite desta segunda-feira, ninguém foi encontrado para comentar a decisão.

Imagens de câmeras

Dois dias após o confronto, a Polícia Civil divulgou imagens de câmeras próximas ao local onde grupos de torcedores do Vasco e Flamengo brigaram em Niterói. O vídeo mostra duas mulheres entrando correndo numa loja. Lá de dentro, elas observam a confusão do lado de fora. Em pouco tempo, uma correria faz dezenas de pessoas procurarem refúgio no mesmo estabelecimento.     Suspeitos em moto

Segundo depoimentos de testemunhas, os homens passaram numa moto atirando contra torcedores, na Praça Enéas de Castro, no Barreto. Testemunhas contaram ainda que outros torcedores chegaram ao local e começaram a briga.

O local é conhecido como ponto de encontro de torcedores do Vasco. Lá foram encontradas 11 estacas de madeira e outras três barras de ferro. Em uma delas havia marcas de sangue. 

Um morto em Campo Grande

Também em 1º de maio, um homem foi morto e outro ficou ferido também numa briga entre torcedores do Vasco e do Flamengo. A confusão aconteceu em Campo Grande, na Zona Oeste da cidade, e, segundo o comandante do 40º BPM (Campo Grande), tenente-coronel Cláudio de Lucas Lima, a briga foi marcada pela internet.

No Méier, no subúbio, torcedores do Vasco e do Flamengo também se envolveram numa briga, de acordo com a Polícia Militar. O 3º BPM (Méier) informou que os policiais conseguiram dispersar os torcedores e não houve presos ou feridos.            

veja também